terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Aniversário do PT



Data de comemoração sim! Porquê a boniteza da luta também consiste na alegria e na partilha de sonhos e ideais. Data de festejar sim! Porquê nossa história merece ser celebrada. Data de reflexão sim! Porquê avaliar e planejar são atos indispensáveis para a militância petista!

Muito circula e circulará pela imprensa, o próprio PT lançou um portal comemorativo, nesse espaço quero só deixar dois fragmentos que julguei interessantes. Foram tirados do Manifesto de Fundação do Partido dos Trabalhadores e guardam muito de atualidade e referência para a ação política hoje!

A mais importante lição que o trabalhador brasileiro aprendeu em suas lutas é a de que a democracia é uma conquista que, finalmente, ou se constrói pelas suas mãos ou não virá. A grande maioria de nossa população trabalhadora, das cidades e dos campos, tem sido sempre relegada à condição de brasileiros de segunda classe. Agora, as vozes do povo começam a se fazer ouvir por meio de suas lutas. As grandes maiorias que constroem a riqueza da Nação querem falar por si próprias. Não esperam mais que a conquista de seus interesses econômicos, sociais e políticos venha das elites dominantes. (...) (...)O Partido dos Trabalhadores pretende que o povo decida o que fazer da riqueza produzida e dos recursos naturais do país. As riquezas naturais, que até hoje só têm servido aos interesses do grande capital nacional e internacional, deverão ser postas a serviço do bem estar da coletividade. Para isso é preciso que as decisões sobre a economia se submetam aos interesses populares. Mas esses interesses não prevalecerão enquanto o poder político não expressar uma real representação popular, fundada nas organizações de base, para que se efetive o poder de decisão dos trabalhadores sobre a economia e os demais níveis da sociedade. (trechos do Manifesto de Fundação do PT - 1980)


No Diretório Municipal do PT em Uruguaiana, a data foi marcada por um painel com o tema "PT 29 anos: o Brasil no Rumo Certo".
Começou as 9 h com a companheira Mariza Camargo, presidente municipal do partido, apresentação de datas e imagens marcantes na história do PT.
Momentos históricos que construiram o Partido dos Trabalhadores foram relembrados e discutidos. Maria de Lourdes Brondani D'ávila, docente do curso de História da PUC e recentemente candidata á prefeitura de Uruguiaiana , afirmou: "é impossível contar a história desse país, no século XX, sem falar do Partido dos Trabalhadores". É possível conferir muita simagens e documentos históricos no portal dos 29 anos.

O debate não podia deixar de falar na conjuntura de crise financeira mundial. Quando destacaram-se algumas medidas que permitiram ao Brasil, evitar os efeitos mais duros que certamente se abateriam sobre nós em outras épocas.

As políticas de desenvolvimento e a inclusão da população no mercado de consumo de bens e serviços básicos, através de programas de transferência de renda e inclusão social colocam o país em outro patamar nas relações internacionai. Inclusive hoje e amanhã, o presidente Lula receberá cerca de 4 mil prefeitos e prefeitas de todo o país , de vários partidos, para discutir saídas e apresentar propostas de desenvolvimento pára os municípios. Falam em "PACzinho" dos municípios; mas a mídia gorda, com sua conhecida má vontade e seu perfil antipopular e antipetista refere-se ciniciamente ao "Pacote de Bondades" do Lula. (Nosso prefeito está lá também, veremos o que vem depois!)

"Antes éramos parte do problema; agora somos parte da solução." Dilma Roussef

As 19 horas a atividade é concentração e mateada na Sede do PT, onde será passado o vídeo "Lula: o companheiro presidente", contando a história de Lula e do PT até a vitória nas eleições nacionais de 2002.

2 comentários:

Vanessa disse...

Alcir, obrigada por atender ao convite para a coletiva.

Abraço

Suely disse...

Oi, Dire!

29 anos...

"As grandes maiorias que constroem a riqueza da Nação QUEREM FALAR por si próprias. Não esperam mais que a conquista de seus interesses econômicos, sociais e políticos venha das elites dominantes."

É a nossa utopia (possível?!!!)...

Abraços!!!