sábado, 21 de fevereiro de 2009

Apenas imagine...

É Carnaval! Os salões já estão cheios...


Como sou irremediavelmente do contra - quase chato - estou preparando um material para o início do ano letivo na minha escola. Entre um intervalo e outro, uma esticadinha nas pernas e braços e os planos de amanhã tomar uma cerveja bem gelada...ou uma caipirinha..sei lá! (ninguém é de ferro , né??)


Mas por enquanto é só plano ... só imaginação...


video


Estou vasculhando, no computador, as minhas pastas com arquivos devidamente mal organizados, procurando algumas coisas antigas do IEPF. Até agora não achei nada do que me propus a procurar mas achei esse vídeo aí, que estava no programa de algumas oficinas lá de 2005 ou 2006.


E abaixo o trabalho ianugural da Oficina de Poesia em 2005...estava revendo as produções da turma (que geralmente era pequena) ... quanta coisa legal! Saudades!


Oficina inaugural. Análise da imagem, do contexto e dos inter-textos.
Pé de página. Pé de meia. Pé de valsa. Pé de boi. Pé de barro. Pé demais!
20 de abril de 2005.
Criação / re-leitura.

Pés

Pés pisam.
Pés passam.
Pés passeiam.
Pés param.

A vida segue.

Pés correm.
Pés chegam.
Percorrem.
Prá lá e prá cá.
Pés peregrinos.
Pés prudentes.
Pés pisados.

Pés calçados.
Pés calados.
Pés cortados.
Pés falantes.
Pés pesados.
Pesam sobre o chão
que pisam.
Pesam sobre as vidas
que levam.

Pés que revelam os percursos.
Pés que são discursos.
(descalços)

Pés indignados.
Pés aflitos.
Pés confusos.
Pés convictos.

*** A imagem reproduzida acima, foto de Sebastião Salgado, estampava um cartaz com o título provocativo "A ganância dos banqueiros dá resultados" , campanha do Sindicato dos Bancários de POA, lançada no Fórum Social Mundial de POA/2005. E desse cartaz, com essa imagem começamos à "poesificar" um pouco.

Mas não esqueçam que é Carnaval, e se dizem que nesta terra tudo acaba em samba, deixo aqui o samba-enredo da SBR Realeza, escola de samba que desfila no domingo em POA. O tema é o Sindicato dos bancários... ouça por aqui

"Sou panfleteiro,piqueteiro e jornaleiro

Sou da luta sindical,

briguei Pintei a cara,

já fui preso e torturado

Mas a liberdade é meu lema principal"

e por aí vai... esquindô-esquindô...