terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Após o Carnaval ...

Aguardamos a reação do Governo em relação às denúncias (re)feitas pelo PSOL na semana passada. Até agora, o silêncio do Piratini só faz crescer a suspeita de que veremos o maior escândalo de corrupção desse estado ... coisa muito grande mesmo...

Será preciso um caminhão de explicações...
A morte de Marcelo Cavalcante em Brasília segue repercutindo. OS "Crusius", Carlos e Yeda, apressaram-se em divulgar a versão do "triste suicído" mesmo antes de qualquer manifestação de peritos e investigadores, e, apesar do profundo apreço que divulgam na mídia, não foram ao velório. A esposa e o pai confirmam o nervosismo de Cavalcante nos dias que antecederam sua morte e não acreditam em suicídio. Circunstâncias mal esclarecidas, nas antevésperas de um dpeoimento na Polícia Federal!!!
Isso vai dar samba!!!
++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++
==================================================================

E nós, da Rede Estadual, seguimos acompanhando a Assembléia Legislativa.
É de lá que devemos derrotar o veto de Yeda ao Decreto Legislativo. A pressão aos deputados continua e devemos ficar atentos até o dia 10 de março que é a data limite para que seja votado esse veto. O CPERS segue pressionando.

*************************************************************************************
A mídia como ela é...

Na manchete da cantada do Presidente, a estrela (cadente) da Rede Globo afirma, numa bobeirinha de fim de desfile, aos microfones da imprensa que o Presidente a teria cantado.
Lendo a matéria vê-se que foi uma fala descontextualizada e que ela fazia referência a um elogio que recebeu de Lula. De qualquer maneira, cantando ou não, as letras garrafais apareceram na Folha de São paulo (ou do Serra) deixando Lula numa saia-justa ...(ou não, afinal é Carnaval, e tem muita gente que cantaria a Sra do Destino também!)

*************************************************************************************

No desfile do Rio de Janeiro, com tantas celebridades e brilhos, a apresentadora Glenda Koslóviski deu seu depoimento do que é "conhecer uma comunidade".

Do alto do distanciamento apropriado das classes populares, a apresentadora exaltava as virtudes de Zezé di Camargo que, ao receber o convite da Portela, fez questão de se "envolver com a comunidade (sic) e conhecer de verdade a energia da Portela", enfatizava que o cantor cancelou um show que estava marcado nos EUA para desfilar na segunda-feira, no perído de ensaios "ficou 2 horas na quadra da Portela!".

É esse conheceu a Portela mesmo!!!! haja paciência!!!!

====================================================================
Logo após ao bonito desfile da Portela, que trouxe uma águia dourada esse ano; foi a vez da Mangueira passar (sem ambigüidades, por favor!!!!).

A Estação Primeira trouxe Darcy Ribeiro para a avenida, com a liberdade de falar do Brasil "O 'povo' é o nosso tema. O enredo é construído baseado no livro "O Povo Brasileiro", de autoria do antropólogo Darcy Ribeiro." anuncia o enredo da escola.

É bom ver um enredo fazendo referência a uma obra com a de Darcy Ribeiro mas...
O preço de não ter um carnaval patrocinado com têm sido visto nos últimos anos, em praticamente todas as grandes escolas, foi a falta de grana: alegorias mal acabadas, carros incompletos ou sendo concluídos na entrada da avenida...enfim, sobressaiu a garra e a relação afetiva da escola com seus integrantes e com o público. O resultado : só depois do Carnaval!!!!!!

E depois do Carnaval também volto às atividades na escola... vamos "blogar" menos, mas certamente sempre teremos o que dizer (talvez falte tempo!!). Mas sigam acompanhando os "Blogs que eu queria ser" ali na lista...

2 comentários:

Suely disse...

Oi, Dire!

É, minha fase de blogueira full time também tá no fim...
Espero que a banda larga nos alcance lá no IEPF!!
Durante o carnaval fiquei fuçando no wordpress... bem tri!!!

Até!

Anônimo disse...

intiresno muito, obrigado